Parlamentares, Secretaria do Estado e Comunidade unem esforços em prol do novo Centro de Diálise do Hospital Auxiliadora

Texto por: Assessoria de Comunicação do Hospital Auxiliadora

Gestores do H.A reuniram com o deputado Geraldo Resende no mês de março - Parlamentares, Secretaria do Estado e Comunidade unem esforços em prol do novo Centro de Diálise do Hospital Auxiliadora

O recurso foi destinado pelo deputado federal Geraldo Resende. O Hospital aguarda o Estado para liberação do recurso

A equipe do Hospital Auxiliadora esteve reunida no início do mês de março em Brasília, com o deputado federal Geraldo Resende, para apontar as necessidades de recursos necessários para investir na instituição de saúde. Na ocasião o deputado informou que no ano de 2017 foi enviado uma emenda parlamentar em prol do Auxiliadora para que fosse investido no Centro Avançado de Hemodiálise.

O valor é de R$ 500 mil, que irá ser destinado para a aquisição de 10 máquinas para o tratamento diálise. O valor de cada máquina é de R$ 50 mil. O novo Centro Avançado de Diálise contará com 30 aparelhos que poderão atender aproximadamente 180 pacientes de Três Lagoas e da microrregião. Hoje a capacidade é de 14 cadeiras e 89 pacientes que se dividem em 3 turnos. O Hospital aguarda posicionamento do Estado para o repasse do valor ser aplicado na hemodiálise.

O Centro Avançado de Diálise teve um incentivo inicial através da emenda parlamentar do senador Waldemir Moka, de R$ 499.995,00, no ano de 2014, para a construção de 250m². Porém ainda necessita de R$ 800.000,00 para ampliação do espaço em 293,36m².

O Sistema de Osmose Reversa é utilizado para realizar a purificação da água, eliminando até 99,98% dos sais minerais, metais pesados e microrganismos que possam estar presentes na água sem a utilização de produtos químicos. A Secretária de Estado de Saúde viabilizará o recurso através do Termo de Fomento no valor previsto de R$ 269.000,00 no qual contemplará o Sistema de Osmose Reversa Fixa e Portátil.

SAÚDE SOLIDÁRIA

Além da emenda parlamentar para a construção e equipar o Centro de Diálise, o hospital iniciou em 2018 a campanha: Saúde Solidária que tem como objetivo levar informação para população do município através dos agentes de captação, sobre esse investimento e também a contribuição da sociedade para essa campanha que será revertida ao setor de hemodiálise de Três Lagoas.