Minha primeira avaliação

Texto por: Marciana Gomes Santana – Pedagoga

No dia 19 de março, os alunos dos 2º anos realizaram a primeira atividade avaliativa. Para isto, as professoras e a coordenação organizaram uma entrega significativa, levando aos alunos a personagem Emília, do Sítio do Pica-Pau Amarelo, e o sapo ‘Avalia’, o qual, de maneira divertida, contou sua experiência com a avaliação, motivando e tranquilizando-os. Foi um momento único, que ficou marcado na vida de cada um.

Leia o que os alunos André Pietro Martins Mota, do 2º ano, e Amanda Nil Viegas Ferreira Monteiro, do 2º ano, relataram sobre a sua primeira avaliação:

“Estava com medo de fazer a avaliação, mas a “tia Ju” entrou na sala com fantasia da Emília, conversou com a gente e deu um presente, “a prova”, aí me senti bem. Agora não tenho mais medo de fazer prova.” – André.

“Foi muito legal a primeira prova da minha vida, porque eu me senti bem e confiante que eu ia conseguir tirar uma nota boa. E foi bem mais fácil do que eu pensava! Foi muito legal a Emília e o sapo irem na sala e acalmar as crianças que estavam nervosas e as que não estavam também.” – Amanda.

O doutor em Educação e professor Cipriano Carlos Luckesi, em uma de suas palestras em Dourados – MS, em 2012 discorreu sobre a importância do ato de avaliar de forma inclusiva e democrática.

Por ela, por onde quer que se passe, não há exclusão, mas sim diagnóstico e construção. Não há submissão, mas sim liberdade. Não há medo, mas sim, espontaneidade e busca. Não há chegada definitiva, mas sim travessia permanente em busca do melhor.

Desta forma, as nossas crianças buscaram registrar o seu melhor em sua primeira avaliação escolar.