A importância do Brincar na Educação Infantil

Texto por: Professora: Sebastiana Cardoso C. de Santana

De acordo com (Lima 2003, p.8), “as linguagens da criança pequena, em qualquer cultura, envolvem o corpo, o som, o movimento, o humor e as emoções, a vivência do tempo e do espaço”.

É no ato de brincar que a criança estabelece os diferentes vínculos entre as características do papel assumido, suas competências e as relações que estabelece ao assumir outros papéis, tomando consciência disso e generalizando para outras situações. Ao propiciar momentos de ludicidade e brincadeira, portanto, cria-se um espaço no qual a criança pode experimentar o mundo e internalizar uma compreensão particular sobre as pessoas, os sentimentos e os diversos conhecimentos.

A ludicidade exerce papel e função diferente em cada momento da atividade da criança.  O brincar lhe permite formar conceitos, ampliar conhecimentos, desenvolver um novo olhar para o mundo no qual está inserida, ou seja, através de uma realidade palpável e não abstrata, ela integrar-se-á dia a dia a uma realidade, sem com isso, deixar de ser criança, feliz, ativa e conhecedora de seu espaço real na sociedade e no mundo.

Assim ao brincar, jogar, imitar, criar ritmos e movimentos, a criança também se apropria do repertório cultural e corporal em que está inserida.